A genialidade de Tarantino fez de Pulp Fiction um dos filmes mais cultuados da história do cinema!

by

 

    

     De início, esta é uma obra pessoal de Quentin Tarantino, como todos os seus outros trabalhos, que não agrada a todos os tipos de espectadores. Cuida-se de um filme um tanto violento e “sem pé nem cabeça”, como alguns possam descrevê-lo. Contudo, a qualidade da película é simplesmente incrível, aos olhos de quem adora um filme inovador, não sendo à toa que conseguiu inúmeras indicações ao Oscar, inclusive para melhor filme e roteiro original, ao qual foi premiado.

     Por diversos pontos, o filme se destaca de qualquer outro que eu já tenha visto. Posso apontar o elenco, cheio de astros, que sem dúvida atua de maneira plena e soberana, destacando as atuações de Samuel L. Jackson, que recebeu a sua única indicação à estatueta de ouro, num papel assombroso na pele de um gângster religioso; e John Travolta, que, com um cachê de apenas US$ 150 mil dólares, conseguiu fazer, em minha opinião, o seu maior trabalho como ator. Impossível esquecer os excelentes papéis de Bruce Willis, Uma Thurman, Harvey Keitel e Christopher Walken. 

     Outra marca inesquecível é a trilha sonora, escolhida a dedo por Tarantino, fato constante em todos os seus filmes, que dá classe às cenas e aos momentos do roteiro. Novamente, aqui deixo a sugestão de ouvirem a trilha do filme, que possui no seu repertório clássicos como Chuck Berry e Ricky Nelson; surf music de alta qualidade com Dick Dale & His Del-Tones, The Tornadoes, The Revels, The Centurions e The Lively Ones; além, é claro, da gravação das falas de cenas marcantes do filme como a leitura de uma passagem bíblica por Samuel L. Jackson, minha cena predileta da película.

     Entretanto, o fator diferencial desta obra-prima tem nome e sobrenome: Quentin Tarantino. Quando se escuta falar que Tarantino é o maior gênio do cinema em muitos anos, esta afirmação é totalmente verídica. Em épocas de falta de originalidade e pouco conteúdo cinematográfico, abrangida por grande parte da década de 80 e de 90, surge Quentin Tarantino com o seu excelente Cães de Aluguel, de 1992, tratando de dar um jeito no cinema norte-americano.

     Roteirista e diretor, da mesma forma como em Cães de Aluguel, Tarantino sabe como dirigir um filme com inspiração e perfeição, sendo que os detalhes são a sua marca característica, o que se tornará muito evidente nos trabalhos intitulados de Kill Bill, que viriam quase uma década depois. O filme ultrapassa o número de cenas que possam ser consideradas clássicas.

     Mas, realmente, o que faz de Pulp Fiction um filme sensacional é a qualidade indiscutível do roteiro e seu método de montagem. Original do início ao fim, conta quatro estórias não lineares que se entrelaçam perfeitamente ao fim do filme, possuindo nos diálogos o seu produto de maior valor, eis que há cenas que duram vários minutos em apenas um assunto sem que isso incomode, de maneira alguma, o espectador. A caracterização dos personagens é outro ponto espetacular, muito bem desenvolvido por Tarantino e Roger Avary, seu companheiro na criação das estórias.

     De acordo com a tela inicial do filme, Pulp significa “revista ou livro sensacionalista, geralmente publicado e impresso em material de segunda classe”. Para felicidade dos amantes do cinema, Pulp Fiction, ao contrário de sua tradução literal, nada mais é do que um trabalho sensacionalista de primeiríssima qualidade, feito para ser um clássico imortal e mundialmente cultuado da arte cinematográfica. 

     O filme mais importante da década de 90!

     Avaliação: 10

Ficha técnica:

Pulp Fiction: Tempo de Violência (Pulp Fiction, 1994)
Direção:
Quentin Tarantino
Roteiro: Quentin Tarantino, Roger Avary
Elenco: John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman, Tim Roth, Amanda Plummer, Ving Rhames, Harvey Keitel, Christopher Walken, Eric Stoltz, Rosana Arquette, Maria de Medeiros, …
Duração: 156 minutos
Distribuição: Miramax Films
Orçamento: US$ 8 milhões
Site:
http://video.movies.go.com/pulpfiction-jackiebrown/pulp/index.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: