Mickey Rourke volta ao cenário em The Wrestler, melhor do que nunca!

by

lutador05A estória de um lutador bem sucedido de vale-tudo da década de 80 se vê frente às dificuldades dos tempos atuais e da decadência do esporte. Esse é o paradigma de um filme absolutamente original e, na minha opinião, um dos melhores sobre lutas da história do cinema.

Confesso que não achei que seria tão merecedor de tantos pontos positivos, passando pelo excelente elenco, roteiro bastante sólido e uma direção preciosa e cheia de detalhes. Um tanto bizarro eu diria, construído num clima de desgraça total do personagem e dirigido na forma de um filme lado B, somados à trilha sonora repleta de metal. Aliás, Aronofsky trata muito bem da desgraça de personagens, repetindo o espírito do excelente e pesadíssimo Réquiem para um Sonho, de 2000.

Mickey Rourke está de volta à ativa, se é que algum dia esteve tão bem como diante desta obra. O seu empenho e satisfação pelo papel foi tão grande que ele não foi pago pelo trabalho, coisa rara em dias atuais. A naturalidade do personagem é incrível, resultando como alguns dizem de uma verossimilhança de sua própria drástica vida. Não é uma atuação baseada em cima de cenas de explosão, porém numa construção constante do ator durante todo o filme, que, por sua vez, passa aos nossos olhos sem notarmos que está terminando. Isso já qualifica o diferencial: a película nos envolve de tal forma que o destaca entre muitos. Eu espero que a academia o premie com essa estupenda atuação, eis que ele é merecedor de tal grandiosidade, sendo que o filme se resume praticamente ao seu grande trabalho. O elenco é completado pelas convincentes atuações de Marisa Tomei, que vive uma prostituta já decadente, e Evan Rachel Wood que demonstra bastante dramatismo nas cenas como a filha de Rourke.

As qualidades do roteiro são muito bem desenvolvidas pelo talentosíssimo Darren Aronofsky, que possui uma personalidade preciosa para a filmagem que se percebe por qualquer leigo apreciador da arte cinematográfica. Cenas marcantes aparecem constantemente no filme, caracterizadas pelo ótimo trabalho de fotografia, que ora mantém uma escuridão quase que absoluta, ora modifica-se para uma claridade, que representa o paralelismo dos sentimentos de sua vida. 

Por fim, o filme não seria o que é, a meu ver, se não fosse pela trilha sonora. Metais clássicos dos anos 80, porém mais alternativos e desconhecidos dos ouvidos brasileiros, como Ratt, Cinderella, Accept, Scorpions, Quiet Riot – que possui a música de entrada dos ringues e do créditos iniciais, numa caracterização do lado esportista do personagem – são um clima ainda mais alternativo e underground ao travalho como um todo, ajudando de forma primordial. Além disso, Guns ‘n Roses e Bruce Springsteen completam a excelente trilha sonora, sendo que Springsteen compôs a música do tema do filme, na qual tranmite muito bem os sentimentos retraídos e um pouco tímidos que transcorrem na estória. Ao verem o trailer abaixo, vocês poderão escutar tal música que artisticamente completa essa grande estória de vida.

Inicialmente apresentado quase como um super-herói, contudo, com problemas, digamos, um pouco mais reais, O Lutador demonstra a história de homem que só poderia ser aquilo, um grande lutador adorado por fãs, e que não conseguia se encontrar no mundo fora dos ringues.  

Muito melhor do que vocês possam imaginar, O Lutador é um filme imperdível para os cinéfilos e aconselhável para os demais, desde que estejam dispostos a assistirem a um filme bem alternativo e, talvez, um pouco pesado.

Um lutador no ringue, “um lutador” na vida – ainda que sem êxito! Um dos filmes mais impactantes da temporada!

Avaliação: 8,5


Ficha técnica:

O Lutador (The Wrestler, 2008)
Diretor:
Darren Aronofsky
Roteiro: Robert D. Siegel
Elenco: Mickey Rourke, Marisa Tomei, Evan Rachel Wood, …
Duração: 115 minutos
Distribuição: Paris Filmes
Orçamento: US$ 7 milhões
Site Oficial: http://www.foxsearchlight.com/thewrestler/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: